• TREKANTX

#MuseMonth: Lari Lourenço




Larissa Lourenço é uma paulista formada em design de moda com um senso de estilo magnifico. Hoje em dia ela trabalha como digital influencer no instagram, seu perfil aborda diversos assuntos, entre eles moda e beleza, e tudo de uma forma muito pessoal e cuidadosa.


Conte-nos um pouco sobre como é ser uma digital influencer?


Nunca imaginei que um hobbie poderia virar trabalho, então sempre que penso em poder ajudar as pessoas de alguma forma fico muito feliz, seja com dicas de moda, dicas do dia a dia, conselhos etc. É realmente o trabalho dos sonhos, mas se fosse fácil não se chamava trabalho kkk


A gente acaba trabalhando o dia todo mesmo, seja pensando no conteúdo, estratégias, estudando sobre o mercado digital, produzindo o conteúdo, negociando publicidade, respondendo emails, editando fotos e vídeos, respondendo as pessoas seja por dm ou comentários. São muitas funções mesmo, principalmente para nós micro influenciadoras que acabamos fazendo tudo sozinhas por ainda não ter condições financeiras de contratar funcionários etc.


Como você acabou fazendo o que faz?


Tenho o instagram desde 2011 e sempre foi muito natural tirar fotos e compartilhar minha vida, tanto que pessoas próximas nunca me zoaram por fazer isso ou algo do tipo. Desde que tinha uns 11/12 anos já tinha orkut e tumblr e amava as meninas que tiravam fotos mais produzidas que acho que é bem similar as criadoras de conteúdo de hoje em dia. Então desde sempre gostei desse universo e foi muito natural para mim.


Quando entrei no instagram lembro da comunidade ir crescendo bem aos poucos, tem muita gente que eu sigo desde aquela época! Alguns foram crescendo e outros não, por isso que eu acho que às vezes é um pouco de sorte, maaaas não vou desmerecer meu esforço porque depois que passei dos 10K eu comecei a ver que tinha pessoas que trabalhavam com isso e que não custava nada tentar. No fim do ano passado 2018 eu estava com 22K e eu não produzia muito conteúdo, postava mais sobre minha vida porque estava no final da faculdade de design de moda e estagiava como designer gráfico, não tinha muito tempo para pensar no instagram, postava meu look do dia que uma amiga do trabalho tirava na hora do almoço e era isso kkk Realmente cresci esse ano quando tive a coragem de me dedicar 100% a isso, confesso que estou em um ano de teste porque acho um mercado bem instável mas eu amo demais trabalhar com isso!


Conte-nos um pouco sobre a visão e a ideia por trás do seu trabalho.


O mercado de criação de conteúdo é muito novo então somente esse ano pude pensar melhor o meu propósito com tudo isso porque realmente não planejei nada kkk Eu sempre me diminuía em relação ao conteúdo, achava que as coisas que eu falava todo mundo já sabia, que as roupas que eu vestia qualquer um conseguiria fazer e até que moda era um assunto fútil (de tanta gente falar isso eu acreditava). Após um intensivão de terapia, autoconhecimento e experiências vejo que meu propósito é ajudar as pessoas de alguma forma positivamente, meu conteúdo mesmo sendo mais focado em moda/beleza acredito que não é algo fútil ou bobo, é só ver séries tipo Queer Eye para ver o quanto isso afeta a autoestima e o modo de viver das pessoas. Então fico muito feliz em ajudar nesse aspecto mas também compartilhando minhas vivências do dia a dia, e principalmente me conectando com tanta gente incrível e trocando experiências. Fico muito orgulhosa da comunidade que criei com os meus seguidores e o quão sempre estamos em busca de aprender mais e evoluir em diversos aspectos.





"A troca de experiências são sempre muito enriquecedoras. E também acho muito gratificante quando alguém me manda uma mensagem falando que impactei de forma positiva a vida dela."





Qual a melhor parte de seu trabalho?


Acredito que conhecer tanta gente incrível, como outros influenciadores e seguidores, a troca de experiências são sempre muito enriquecedoras. E também acho muito gratificante quando alguém me manda uma mensagem falando que impactei de forma positiva a vida dela, seja dando coragem de cortar a franja (tenho uma legião de migas de franjinha agora kkkk sempre recebo na dm alguém falando que cortou a franja inspirada na minha AMO), influenciando a usar uma roupa diferente, gente que foi buscar terapia por eu sempre falar da minha experiência, pessoas que viraram vegetarianas e assim vai!


Como e onde você encontra inspiração?


Normalmente consumindo o conteúdo de outras meninas!




Quando você está se sentindo bloqueado ou sobrecarregado de maneira criativa, como se conecta a si mesmo?


Tento relaxar porque quanto mais você fica se sentindo bloqueado pior fica, na faculdade de design pude aprender que criatividade tem metodologia então para mim não acontece muito isso não kk Tento buscar inspirações, planejar o conteúdo, testar, alterar o que não gostar e por ai vai! Dar uma voltinha na rua, fazer outros afazeres, meditar sempre ajuda também a clarear as idéias.


Qual a mensagem você espera que seu trabalho mande para os seus seguidores?


Quero que as pessoas se sintam inspiradas a serem elas mesmas, busquem autoconhecimento e a evolução. E mais focado em moda eu quero que; as pessoas se sintam inspiradas a usar o que elas quiserem, não liguem para opinião dos outros, não existe um corpo ideal para cada roupa, que moda pode ser super fácil e divertido, não precisam ter medo de errar e testar coisas novas!


Trabalhar para si mesmo pode ser bastante assustador. Nos conte mais sobre como é a experiência de trabalhar unicamente com a plataforma digital.


Como eu falei usei esse ano de teste para ver como que ia rolar trabalhar só com a internet, mas confesso que fico muito insegura mesmo crescendo por ser um mercado tão novo e instável. Por já ter trabalhado em escritório e receber a mesma quantidade todo mês eu fico tensa com a questão financeira porque requer muito planejamento e organização trabalhar sozinha e ter que lidar diretamente com o dinheiro.



Qual é o seu relacionamento com a moda?


É um relacionamento instável, já mudei tanto de opinião sobre isso que nem sei dizer! Kkk Para quem não sabe sou formada em Design de Moda, desde criança pensava em fazer esse curso e foi o que acabei fazendo, porém quanto mais estudava sobre a indústria da moda e política, menos queria fazer parte disso. Demorou um tempo para eu poder clarear mais minhas ideias sobre o porque eu sempre amei moda, e a conclusão foi de que moda é história, arte, cultura, autoestima, expressão, identidade e é muito importante para entendermos a nossa sociedade. Infelizmente estamos dentro de um sistema cruel mas podemos fazer pequenas ações para continuarmos consumindo a moda mas de forma mais ética como comprando de brechós, pequenos produtores e se consumir de marcas maiores como fast fashion comprar de forma mais assertiva e consciente.


Quem é / são sua maior inspiração de moda?


Sinceramente que ninguém específico, nunca fui de me espelhar em alguém na hora de me vestir. Claro que no instagram acabo me inspirando vendo as pessoas que eu sigo mas é bem no geral, e também isso acontece muito sei lá quando estou andando na rua, sou muito observadora então sempre presto a atenção na roupa/estilo das pessoas.


Lari Lourenço veste Dark Dress

//

Conheça mais o trabalho da nossa #musemonth: @larilourenco

0 visualização

TREKANTX / 2020 © 

CNPJ: 28.788.601/0001-20

Recife, PE - Brasil 

Sobre        Informações        Entrega        Troca e devolução        Tabela de Medidas        Contato